Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1145
Título: Saúde oral em crianças e jovens com necessidades educativas especiais na APPACDM do distrito de Viana do Castelo
Autor: Rocha, Brígida Elisa Nobre
Orientador: Paiva, Elsa
Data de Defesa: 2009
Resumo: Levantamentos epidemiológicos em saúde oral são ferramentas estratégicas que permitem conhecer a situação de determinada população para posterior avaliação e desenvolvimento de programas preventivos. Para além duma revisão bibliográfica sobre o tema crianças e jovens com necessidades educativas especiais, foi realizada uma recolha de dados, quer através de um questionário administrado aos pais e/ou responsáveis legais das crianças/jovens especiais, quer através de inspecção clínica da cavidade oral de 31 crianças e jovens com necessidades educativas especiais que frequentam a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), do distrito de Viana do Castelo, com o objectivo de caracterizar o estado de saúde oral destas crianças. Realizou-se ainda, acções de informação aos responsáveis e às crianças e jovens, bem como, oferta de diverso material didáctico à associação e às crianças. A prevalência de indivíduos livres de cárie foi de 29,03%. Determinou-se um valor global de CPO de 3,49 (grau de severidade moderado) e verificou-se que a percentagem de dentes cariados, perdidos e obturados foi de 66,7%, 11% e 22,2% respectivamente. O valor médio do IHOS foi de 2 (higiene oral razoável). Observou-se, que existem diferenças significativas relativamente ao CPO com as diferentes patologias (ANOVA, p=0,02). Também se verificou, existir uma correlação positiva significativa, entre o IHOS e o CPO (rs =0,462; p=0,009), bem como entre o índice de cárie dentária e a idade das crianças e jovens observados (rs =0,477; p=0,008). Não se verificou uma associação estatisticamente significativa entre o consumo de alimentos açucarados e os índices IHOS e CPO. Porém, observou-se existir uma correlação positiva significativa, a 95% confiança, entre o IHOS e o consumo de alimentos moles e duros (rs =0,34; p=0,04). A maioria (51,6%) dos responsáveis considera que a área da Medicina Dentária não se encontra acessível às crianças com necessidades educativas especiais. A maioria (58,06%) dos pacientes especiais não escova os dentes sozinho. On oral health, epidemiological surveys are strategic tools that allow the understanding of the situation of certain population for further evaluation and development of prevention programs. In addition to a bibliographic review on the subject children and youth people with special educational needs, was a collection of data, either through a questionnaire administered to parents and / or legal guardians of children / young people special, either through clinical inspection of the oral cavity 31 children and young people with special educational needs who attend the Portuguese Association of Parents and Friends of the Disabled Citizen Mental (APPACDM), district of Viana do Castelo, in order to characterize the state of oral health of these children. There was still, actions of information for responsible the children and youth, and diverse supply of educational material for children and the association. The prevalence of caries-free individuals was 29,03%. It was determinate a total value of CPO of 3.48 (moderate degree of severity) and found that the percentage of teeth decayed, missing and filled was 66.7%, 11% and 22.2% respectively. The average value of IHOS was 2 (reasonable and hygiene). It was observed that there are significant differences regarding the CPO with different pathologies (ANOVA, p = 0.02). There was still a significant positive correlation between the CPO and IHOS (rs = 0.462, p = 0.009) and between the index of dental caries and age of children and young observed (rs = 0.477, p = 0,008). There wasn´t statistically significant association between the consumption of sugary foods and indices IHOS and CPO. However, it was noted there is a significant positive correlation, the 95% confidence between the IHOS and consumption of soft and hard foods (rs = 0.34, p = 0.04). The majority (51.6%) of responsible believes that area of Dental Medicine isn´t accessible to children with special educational needs. The majority (58.06%) of patients shall not brush their teeth alone.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/1145
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mono_brígidarocha.pdf9,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.