Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1113
Título: Avaliação da disseminação horizontal de pbp5 em isolados de Enterococcus spp resistentes a β-lactâmicos de origem humana, animal e ambiental
Autor: Sá, Vânia Catarina Cruz
Orientador: Novais, Carla
Data de Defesa: 2009
Editora: [s.n.]
Resumo: Embora Enterococcus spp seja um comensal do Homem, tem vindo a adquirir particular importância clínica devido aos elevados níveis de resistência que apresenta a diversos grupos de antibióticos, nomeadamente aos β-lactâmicos. Os mecanismos de resistência a estes antibióticos que podem estar envolvidos são a produção de β-lactamases e sobretudo a presença de pbp5 com algumas mutações que conferem baixa afinidade para os β- lactâmicos. Em estudos anteriores, verificou-se que em Portugal encontramos Enterococcus spp resistentes à ampicilina em vários nichos ecológicos, nomeadamente nos hospitais, onde esta resistência tem mais expressão. Uma vez que se conhece muito pouco sobre a disseminação horizontal de pbp5, constituíram objectivos principais do presente trabalho: (i) a avaliação da sua transferência (por conjugação) entre Enterococcus spp oriundos de vários nichos ecológicos (humano, animal e ambiental) e estirpes receptoras de laboratório e (ii) a detecção molecular (PCR) de possíveis elementos genéticos móveis responsáveis pela sua dispersão. Do total de 86 bactérias incluídas no estudo não produtoras de β-lactamases, apenas 2 oriundas de suiniculturas foram capazes de produzir transconjugantes que possuíam pbp5. Para além da ampicilina, nenhuma resistência a outra família de antibióticos foi cotransferida. Transposões conjugativos, frequentemente encontrados em bactérias de Gram positivo também não foram observados. Estes dados sugerem que pbp5 se pode ter incorporado em elementos genéticos que não estão tradicionalmente associados à resistência a antibióticos. Relevante, foi ainda a detecção da integrase de CW459TetM (transposão associado a Clostridium sp) em E. faecium GE1, desconhecida, até ao momento, nesta estirpe receptora. O conhecimento das características das estirpes receptoras é fundamental para que estas possam ser correctamente escolhidas no laboratório para ensaios de conjugação e caracterização molecular de elementos genéticos móveis.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau Licenciada em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/1113
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mono_vaniasa.pdf424,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.