Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1102
Título: Frequência da automedicação em farmácias comunitárias
Autor: Pereira, Diana Neto
Orientador: Silva, Cláudia
Data de Defesa: 2009
Resumo: A automedicação constitui uma prática universal, presente nas mais diversas sociedades e culturas, independentemente do grau de desenvolvimento sócio-económico das mesmas. A monografia apresentada é dividida em duas partes, uma parte de revisão bibliográfica e outra de investigação científica, com a qual se pretende determinar a frequência de automedicação numa amostra de utentes de farmácias comunitárias, sendo este o objectivo principal. Utilizou-se uma amostra de 150 pessoas que recorriam aos serviços das farmácias comunitárias. A recolha de dados foi realizada através de um questionário aplicado em três farmácias (Farmácia Miraldo, Farmácia Portela e Farmácia Vitória). A análise estatística foi realizada utilizando os testes de Qui-quadrado (com correcção de Yates) e a Prova Exacta de Fisher, considerando diferenças significativas para p<0,05. Os resultados demonstram que o género feminino é predominante no que se refere à população que frequenta a farmácia. Os medicamentos mais consumidos são os que actuam no sistema cardivascular. A frequência de automedicação constatada no estudo é inferior à frequência referida por vários autores na revisão bibliográfica. Self-medication is a universal practising present in all different societies and cultures, in spite of their social-economical development. The monography is divided into two parts, one for bibliography revision and the other for scientific investigation, with which it will be determined the frequency of self-medication among a sample of people using communitarian pharmacies, this being the goal of this work. A sample of 150 people using these communitarian pharmacies was used. The retraction of data was done through a questionnaire applied in three pharmacies (Miraldo, Portela and Vitória). The analysis of the statistics was done using Chi-square Tests (with Yates’ correction) and Fisher’s Exact Test, having significant differences for p<0,005. When referring to the people that go to a pharmacy, the female population is the most predominant. Medecine that works over cardiovascular system is the most consumed. The frequency of self-medication found in this study is inferior when compared to that referred by many authors in the bibliography revision.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau Licenciada em Ciências Farmacêuticas.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1102
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
monografia.pdf374,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.