Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1100
Título: Estudo sobre as medidas de intervenção social nos maus tratos ao idoso
Autor: Carreira, José António Gonçalves
Orientador: Cardoso, João Casqueira
Seixas, Paulo Castro
Palavras-chave: maus-tratos
prevenção e qualidade de vida dos idosos
formação profissional
técnicos sociais
abuse
prevention and quality of life of the elders
professional training
social technicians
Data de Defesa: 2008
Editora: [s.n.]
Resumo: Num contexto de globalização e de desenraizamento cultural e afectivo a população idosa, que representa uma faixa populacional em crescimento nos países desenvolvidos, tem apresentado carências múltiplas ocasionadas pelo abandono e pelos maus-tratos em ambientes hostis, que acompanharam o êxodo das populações do interior para as grandes cidades. Perdidas as referências e o poder simbólico de quem mantinha a casa com o seu salário, o velho de hoje, tido como sobrante, soma à sua solidão os maus-tratos numa qualidade de vida que se perde e não se recupera. Este estudo, ao tomar como objecto sociológico a população idosa em situação de risco e problematizar todo um conjunto de variáveis que interferem na sua caracterização, começa por levantar algumas questões para as quais urge encontrar resposta. Como humanizar esta 3ª. e 4ª. idades que estão a revelar-se, cada vez mais, agressivas do ponto de vista social e humano? Como definir maus-tratos e como os identificar? Como os prevenir? Como proporcionar aos nossos idosos uma qualidade de vida gratificante? Recorrendo a modelos e a um quadro conceptual exaustivo, procurou-se, do ponto de vista metodológico, suportar o estudo numa forte componente teórica, a partir duma investigação fundamentada em bibliografia e pesquisa digital, quer a nível global, quer respeitando apenas a realidade portuguesa. Relativamente a esta última, foi também estudada a legislação que é actuante no caso dos maus-tratos sobre os idosos. Nas considerações finais foi relevado o papel da formação dos técnicos sociais directamente envolvidos na prestação de cuidados aos idosos e a necessidade de criar condições para que esta fase da vida seja vivida de forma tão útil e produtiva quanto possível. In a globalized and cultural and affective loss context, the elderly population, which has increased in developed countries, has shown multiple needs occasioned by the abandonment and abuse in hostile environments, accompanying the exodus of the population from the interior to big cities. Having lost all reference and symbolic power as household providers, today’s elders, as remainders of society, are lonely and abused, whilst losing their quality of life in an irrecoverable way. This study aims at the sociological object of the elderly population at risk and at a group of variables which interfere with its definition. It starts by raising some issues which need an immediate response: how to humanize these 3rd and 4th ages which have become more and more aggressive from a human and social point of view? How to define abuses and how to identify them? How to prevent them? How to provide our elders a gratifying quality of living? Through different models and an exhaustive conceptual framework, this study upholds a strong theoretical component from a methodological point of view. It is based on bibliographical and digital research, and focuses on the worldwide reality as well as on the Portuguese one. The legislation used in elderly abuse cases was also studied in the last part of the work. The conclusion emphasises the role of training of the social technicians directly involved in caring for the elderly, as well as the need to create conditions so that this stage of life can be lived as useful and productive as possible.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Trabalho Social.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1100
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
José Carreira - Dissertação de Mestrado em Trabalho Social.pdf987,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.