Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1038
Título: O efeito da aplicação do ultra-som na dor em pacientes com Síndrome do Túnel Cárpico
Autor: Fernandes, Cláudia Susana Oliveira
Orientador: Seixas, Adérito
Palavras-chave: Síndrome do Túnel Cárpico
Ultra-som
Dor
Carpal Tunnel Syndrome
UltraSound
Pain
Data de Defesa: 2008
Resumo: O Síndrome do Tunel Cárpico (STC) é uma patologia de diagnóstico eminentemente clínico, constituindo a neuropatia compressiva mais comum no ser humano. É, sobretudo, um problema comum que afecta a mão e o punho. É causado por uma elevada pressão no túnel do carpo, o que leva a uma isquemia no nervo mediano, resultando em parestesias e/ou dor. Este síndrome tem sido foco das atenções dos investigadores nos últimos anos, pois está associado a ocupações que requerem actividades físicas repetitivas no uso das mãos (trabalhos industriais, informáticos, etc). Relativamente ao tratamento deste Síndrome podemos afirmar que este varia de acordo com a gravidade dos sintomas. A reabilitação através do recurso à Fisioterapia é de grande importância no tratamento deste síndrome, antes e depois da cirurgia. Os fisioterapeutas utilizam vários recursos, com por exemplo o ultra-som (US). Esta conduta é utilizada sobretudo para o alívio da dor e para a redução do edema. O objectivo deste estudo centra-se, sobretudo, numa proposta de análise que tem como principal intuito analisar o efeito da aplicação do US na dor, em pacientes com STC. Nesta pesquisa foram triados 20 indivíduos da empresa Yazaki Saltano de Portugal, do sexo feminino, com idades entre os 26 e os 46 anos e com STC bilateral. O diagnóstico do STC, nos 20 indivíduos foi feito por Electromiografia (EMG). Os trabalhadores foram divididos em 3 grupos de, cada um com 10 casos (n=10). O nível da dor foi avaliado pelo recurso à Escala Visual Analógica (EVA). A aplicação desta escala foi efectuada antes do início do tratamento com US, bem como, após as 10 sessões, ou seja, no final do estudo. Foi aplicado US contínuo, ao grupo I com uma intensidade de 0,0w/cm2 (efeito placebo), ao grupo II com intensidade de 0,8w/cm2 e ao grupo III foi aplicado com intensidade de 1,5w/cm2. O US foi aplicado na zona palmar do Túnel Cárpico (TC) durante 5 minutos, 5 dias por semana, durante 2 semanas. Concluiu-se, para a amostra em estudo, que o US é mais eficaz na diminuição da dor nos grupos II (0,8w/ cm2) e III (1,5w/cm2) (p≤ 0,05) , e com tal, existem assim diferenças significativas entre o início e após o tratamento com o US. O grupo I onde foi aplicado o efeito placebo, não registou nenhuma alteração na redução da dor. Na comparação entre grupos, ou seja, entre as intensidades aplicadas, verificamos que não existem diferenças consoante maior for a intensidade do US. Carpal Tunnel (CTS) is a eminently clinical diagnosed pathology and constitutes the most common compreensive neuropathy in humans. Is, over all, a common problem that affects the hand and the wrist. It is caused by the increased pressure in the carpal tunnel, involving the fingers innervated by the median nerve, resulting in paraesthesia and/or pain. This syndrome has been focus of attentions of the investigators in the last years, since the CTS is associated with professions/functions that require repetitive physical activities consisting in the use of the hands (industrial, informatics works, etc). Concerning the treatment of this Syndrome we can affirm that it change according with the gravity of the symptoms. Rehabilitation by Physical Therapy is of great importance in the treatment of this symdrome, before and after surgery. The physiotherapists use several resources, as for example the Ultrasound. This treatment aims the relif of pain, as well as, the reduction of the edema. The objective os this study is centered, over all, in an analysis that has as main intention to be able to study the effect of the application of the ultrasound in pain in patients with CTS. In this research, 20 female individuals of the company Yazaki Saltano of Portugal, with ages beetween 26 and 42 years and with bilateral CTS were selected. The diagnose was made by Electromyography. Individuals were divided in 3 groups, each one with 10 individuals (n=10). Pain was evaluated by the Analogical Visual Scale. Data was gathered before the beginning the treatment by ultrasound, as well as after 10 treatment sessions, at the end of the study. The ultrasound was applied to group I with the intensity of 0,0w/cm2 (placebo effect), to group II with the intensity of 0,8w/cm2 and group III was applied with the intensity of 1,5w/cm2. The ultrasound was applied in the palmar zone of carpal tunnel during 5 minutes, 5 days a week, during 2 weeks. It was concludedm for the sample in the study, that the US is more efficient in the reduction of pain in groups II (0,8W/cm2) and III (1,5W/cm2) (p≤ 0,005), and as such, after exists thus significant differences between the beginning and treatment with US. Group I where placebo was applied the effect, did not register no alterations in the reduction of pain. In the comparison between groups, that is, between the applied intensities, we verify that differences do not exist.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/1038
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11492.pdf10,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.